ondadura-logo-amarelo
Jerônimo Savonarola contra o mundo

Jerônimo Savonarola contra o mundo

Jerônimo de Savonarola (1452 – 1498), padre e famoso pregador na sua época batalhou a sua vida toda por um único propósito: livrar o mundo de uma cultura pecaminosa e idólatra.

Quando Jerônimo se converteu em 1474, a sua decisão inicial foi se afastar completamente do mundo. Ele virou monge, entrou na ordem dominicana de Bolonha e não pretendia sair de lá. Até entender que o seu chamado se estendia além das paredes do monastério.

Depois de 7 anos no monastério, ele teve uma visão que mudou toda a sua vida. Ele viu os sofrimentos que a igreja estava para sofrer e decidiu lutar por ela. Vendo que boa parte do sofrimento era causada por falta de retidão da mesma, Savonarola se levantou como um profeta que pregava contra o mundo e contra as barbaridades morais da igreja de sua época.

Savonarola acabou ficando famoso em Florença, onde pregava e exercia seu ministério. Fato que é estranho à primeira vista, pois suas pregações eram sempre duras e chamavam os ouvintes ao arrependimento e à confissão de pecados. Ele não tinha uma mensagem convidativa, e também não parecia se importar muito com marketing pessoal.

Sua fama não é tão estranha assim. Na Bíblia temos o exemplo de João Batista: homem famoso por ser estranho, viver sozinho no deserto e pregar o arrependimento dos pecados. Depois de João vem Jesus, o maior pregador de todos os tempos, e inicia o seu ministério da mesma forma: “Arrependam-se, pois o Reino dos céus está próximo” (cf. Mt 3:1, 4:17). E ninguém foi mais famoso que Jesus.

A verdade é que quando nos moldamos ao padrão deste mundo, nem mesmo o mundo nos percebe. O que chama a atenção das pessoas do mundo é algo diferente, algo que não seria possível sem um poder vindo do alto. O que o mundo espera é a manifestação dos filhos de Deus, o que chama a atenção do mundo é o sobrenatural.

Mas cuidado, muitos já disseram que se alguém pregasse a mensagem que João pregou nos dias de hoje acabaria perdendo a cabeça assim como ele. Savonarola provou essa afirmação no seu próprio corpo, no dia 23 de Maio de 1498 Jerônimo Savonarola foi queimado em praça pública. Suas últimas palavras demonstravam sua fé imbatível em Jesus: “Ele sofreu tanto por mim”.

Se você não está pronto para sofrer por Jesus e pelo evangelho, talvez você esteja mais parecido com o mundo do que quer acreditar.

 

Assista à primeira mensagem do tema Heróis da Fé com o  Pastor Lipão:

Murilo Ternes – Redator da Onda Dura Joinville 

Este post tem um comentário

  1. Gostei muito do texto!

Comentários estão bloqueados.

Contribua

Estamos transformando o mundo por meio do evangelho. Queremos chegar em todos os lugares, para que outras pessoas sejam tocadas pela presença inquestionável de Jesus. Se você nos acompanha, mesmo pelas redes sociais, através dos nossos vídeos, de longe ou de perto e quer contribuir financeiramente com a Onda, faça um depósito em nossa conta corrente. A sua ajuda pode mudar a eternidade de milhares de pessoas.

ONDA DURA

Caixa Econômica Federal (104)
Agência: 1897/003 – C/C 42291-4

Razão Social: Onda Dura
CNPJ 22.788.440.0001-98

Fechar Menu